Segunda, 22 de Julho de 2024
75998557038
Cidades Alagoinhas - BA

Iniciativa da SECET busca tornar Trem do Forró um Patrimônio Cultural de Alagoinhas

Desde 2017, o Trem do Forró faz parte dos festejos juninos de Alagoinhas, tornando-se uma tradição na Bahia e garantindo um lugar especial nos co...

21/06/2024 17h32
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Alagoinhas - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Alagoinhas - BA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Alagoinhas - BA

Desde 2017, o Trem do Forró faz parte dos festejos juninos de Alagoinhas, tornando-se uma tradição na Bahia e garantindo um lugar especial nos corações daquelesque comemoramessa época festiva do ano na cidade.

O Trem do Forró é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Alagoinhas, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo (SECET) e consiste na viagem em um vagão de trem temático, com duração de 1 hora, permeada de muito “pé de serra” e embalada por trios sanfoneiros. A viagem parte da estação ferroviária São Francisco.

Contudo, em 2024, o Trem do Forró não pôde alegrar nossa comunidade devido a uma decisão da VLI, empresa concessionária da ferrovia que disponibiliza uma classe de passageiros para a viagem, por questões de segurança patrimonial, de acordo com a justificativa apresentada pela empresa. Diante desta falta, a SECET decidiu promover uma ação para mobilizar a população no intuito de tornar o Trem do Forró um Patrimônio Cultural de Alagoinhas. Com esse projeto a sociedade pode mostrar seu interesse pelo trem, como transporte para passageiros na região.

A ação foi realizada nos dias 19 e 20 de junho, no Estacionamento da Prefeitura, e contou com apresentações musicais de forrozeiros como Daniel dos 8 Baixos, Zezito do Acordeon, Caciques do Forró, Colher de Chá, Vicentinho, Afonso do Forró, Balbino Josh, Araújo do Forró, Raffa do Forró, João Sanfoneiro e Zé de André. Além de curtir o típico ritmo junino, o público pôde contribuir com o abaixo-assinado que apoia a transformação do Trem do Forró em Patrimônio Cultural de Alagoinhas e servirá de respaldo para que o Poder Executivo encaminhe a proposta de lei para a apreciação na Câmara de Vereadores.

Iraci Gama, titular da SECET, explica que “com a mobilização popular, de todo o município, fica claro que o Trem do Forró não é apenas uma proposta do governo, da Prefeitura ou da Secretaria, mas uma demanda da população.”

“Nós resolvemos realizar esse evento com forrozeiros que tocavam no Trem, para que eles fizessem seus showse todospudessem participar,especialmente as entidades como a APAE, a Pestalozzi, o CAPS e os grupos de idosos que tinham viagens especiais reservadas no Trem do Forró”, complementa Iraci Gama.

A enfermeira Jucilandia Bispo, que coordena a equipe técnica do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) deAlagoinhas, acompanhou um grupo de usuários do serviço para participar da ação e curtir o forró. “Nós trouxemos um grupo para curtir um pouquinho o Trem do Forró, que é tradição na cidade. Os usuários gostam muito da festa junina e quando fomos convidados, ficamos muito satisfeitos por participar”, contou Jucilandia.

Neste ano, a Trezena de Santo Antônio, a Vila de Santo Antônio da Lagoinha, o Circuito Oficial de São João, o São João e São Pedro nos Distritos, alvoradas e cavalgadas em diversas comunidades da zona urbana e da zona ruralfazem parte dos festejos juninos de Alagoinhas.

Fotos: Roberto Fonseca