Sábado, 29 de Janeiro de 2022 07:19
75998557038
26°

Pancada de chuva

Alagoinhas - BA

Dólar com.

R$ 5,38

Euro

R$ 6,

Peso Arg.

R$ 0,05

Alagoinhas ALAGOINHAS

Em entrevista na manhã deste sábado (1º), Joaquim Neto aborda pontos importantes sobre Alagoinhas

Foram discutidos diversos assuntos de interesse da população.

01/01/2022 14h20 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto (PSD), participou de entrevista na manhã deste sábado (1º) ao radialista Noel Tavares pela Rádio Sociedade.

Durante a participação, Joaquim destacou diversos pontos durante a sua gestão como chuvas , educação, infraestrutura, ações no combate ao novo coronavírus, transporte coletivo e o hospital municipal Materno-Infantil. Confira:

Chuvas

O prefeito destacou o natal atípico que foi bastante chuvoso e ressaltou que a cidade suportou a quantidade de água que caiu por aqui e que desde 2017 vem construindo duas grandes macrodrenagens importantes na cidade, nas maiores artérias da cidade sendo uma na região de Alagoinhas Velha (já concluída e entregue), e outra em Santa Terezinha. Somando as duas obras, o investimento chega na casa dos 20 milhões de reais.

Joaquim também lembrou dos buracos e salientou que o perfil do solo da cidade é arenoso contribuindo assim para os estragos no asfalto da cidade.

Educação

Uns dos pontos valorizados durante a entrevista, foi a educação, que realmente merece destaque pelo trabalho que tem sido feito. De acordo com o prefeito, ao todo, 25% da arrecadação do município foram investidos na pasta que tem Gustavo Carmo como atual secretário.

Ao todo foram 12 escolas reinauguradas na sede e zona rural e mais 3 estão prontas para serem entregues no inicio deste ano para a população.

Joaquim afirmou que o ano letivo tem data para começar e será no dia 7 de fevereiro, e que pretende trazer os alunos para aula presencial. Destacou também que professores e coordenadores estão recebendo treinamentos constantes e salientou a participação do município, juntamente com Camaçari e Mata de São João ao programa "Educar pra valer", que tem a Fundação Lemann como responsável e que tem como base o modelo que revolucionou a educação em Sobral (CE).

O prefeito informou que os alunos da rede pública de Alagoinhas, vão ter acesso às escolas com instalações modernas e com material didático de primeira linha para que possam ter oportunidade como o filho do rico ou de classe média.

Transporte Coletivo

A questão do transporte urbano da cidade foi abordado e de acordo com Joaquim, Alagoinhas é uma cidade de porte médio, com cerca de 200 mil habitantes e assim como outras cidades, como Feira de Santana e Salvador, tiveram a pandemia como principal responsável para a redução de passageiros levando então a um déficit financeiro e informou também que antes eram cerca de 300 mil usuários mês e a queda foi para 100 mil usuários. 

O prefeito também lamentou sobre incêndio que atingiu a ATP levando a destruição de 24 veículos e afirmou que já no inicio deste ano, o transporte será normalizado.

Vacinação Covid-19

No quesito Covid-19, Joaquim Neto, enfatizou que por ser médico a sua responsabilidade era ainda maior e que desde o principio da pandemia, foi para a linha de frente com restrições e protocolos sanitários, testagem em massa aos bairros mais afetados e lembrou sobre o ganho da saúde com a inauguração da UPA de Santa Terezinha que funcionou com exclusividade para atendimento aos moradores com o novo coronavírus e que inclusive ele próprio foi internado com caso moderado para grave onde recebeu os cuidados necessários na unidade de saúde.

Ainda se falando da pandemia, o prefeito destacou que o Estádio Carneirão funcionou como centro de vacinação onde foram realizados os mutirões e as forças tarefas para imunizar a população de Alagoinhas que tem 95% do público alvo vacinado com a primeira dose, maior que a média nacional. Joaquim chamou a atenção a cidade esta chegando a 3 meses sem óbito por Covid-19.

Hospital Materno-Infantil de Alagoinhas

O último ponto abordado durante a entrevista, foi a respeito do primeiro hospital municipal que inclusive já teve obra iniciada e tem investimento de recursos de emendas do senador Otto Alencar, e também do deputado federal Otto Filho no total de R$ 10 milhões e mais R$ 3 milhões de recursos próprios.

"Eu nasci a 59 anos atrás na maternidade de Alagoinhas e de lá pra cá ela não cresceu, e a população cresceu muito, inclusive os municípios, nossos irmãos, que vem fazer os seus partos, normais ou cirúrgicos na cidade de Alagoinhas, somos referência no atendimento", disse Joaquim.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.