Segunda, 14 de Junho de 2021
75998557038
20°

Pancada de chuva

Alagoinhas - BA

ESPORTE ESPORTE

Presidente interino da CBF descarta demissão de Tite

Nunes que assumiu com o afastamento de Rogério Caboclo, por denúncia de assedio sexual, é contrário a contratação do treinador Renato Gaúcho para substituir Tite.

07/06/2021 15h21
Por: Equipe Alagonews Fonte: BNews
Por: Lucas Figueiredo/CBF
Por: Lucas Figueiredo/CBF

O presidente interino da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e dirigente de Federação de Futebol do Pará, Coronel Nunes, não irá demitir Tite, atual treinador da seleção. Nunes que assumiu com o afastamento de Rogério Caboclo, por denúncia de assedio sexual, é contrário a contratação do treinador Renato Gaúcho para substituir Tite.

A chegada de Renato Gaúcho era uma promessa de Caboclo ao Palácio do Planalto, insatisfeito com a postura de Tite na questão da realização da Copa América no país. 

Caboclo

O afastamento do atual presidente foi confirmado neste domingo (6). Caboclo passará 30 dias afastado do cargo após denúncias de assédio sexual realizadas por uma funcionária da CBF.

A funcionária da Confederação Brasileira de Futebol acusou o presidente da entidade, Rogério Caboclo de assédio moral e sexual. A denúncia foi revelada pelos repórteres Gabriela Moreira e Martín Fernandez e protocolada nesta sexta (4) na Comissão de Ética da CBF e a Diretoria de Governança e Conformidade.

De acordo com a denunciante, os abusos teriam começado em abril do ano passado. Ela afirma que alguns constrangimentos aconteceram diante de diretores da CBF. Em um deles, Caboclo teria tentado forçá-la a comer um biscoito de cachorro e a chamado de "cadela". Em outra ocasião, teria perguntado se ela se masturbava.

Copa América 

O Brasil foi anunciado como sede da competição após a desistência da Argentina, por conta da situação da pandemia no país, e Colômbia, onde ocorrem protestos civis contra o governo do presidente Iván Duque - países sedes originais do torneio. 

Os jogadores brasileiros manifestaram desconforto com a oficialização do país como sede e por não terem sido avisados pela CBF da mudança. 

"Não podemos falar do assunto. Todo mundo já sabe do nosso posicionamento. Mais claro, impossível. O Tite deixou claro para todo mundo o que nós pensamos da Copa América. Existe respeito e hierarquias que respeitamos. Claro que queremos dar a nossa opinião, rolou muita coisa", afirmou Casemiro, titular da seleção e capitão, após a vitória contra o Equador.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.