Segunda, 14 de Junho de 2021
75998557038
20°

Pancada de chuva

Alagoinhas - BA

ALAGOINHAS CESTA BÁSICA

Trabalhadores do setor de eventos recebem cestas básicas distribuídas pela Prefeitura de Alagoinhas

Em atenção às dificuldades enfrentadas, a Prefeitura de Alagoinhas, por meio da Secretaria de Assistência Social, reservou parte das cestas básicas recebidas, no Drive-Thru Solidário, para os trabalhadores da categoria.

17/05/2021 17h30
Por: Rodrigo Rattes Fonte: Prefeitura de Alagoinhas
Foto: Roberto Fonseca
Foto: Roberto Fonseca

O setor de eventos vem sofrendo uma crise sem precedentes, desde o início da pandemia da Covid-19. Em atenção às dificuldades enfrentadas, a Prefeitura de Alagoinhas, por meio da Secretaria de Assistência Social, reservou parte das cestas básicas recebidas, no Drive-Thru Solidário, para os trabalhadores da categoria.

Zenaide da Silva Santana trabalha com buffet há 12 anos, quando chegava a contratar mais de 10 garços por evento.  “Este tem sido um período bastante difícil, com uma redução drástica da procura por nossos serviços, que também incluem copeiras, seguranças, coqueteiros, entre outros”.

Mesmo com a abertura gradual dos bares e restaurantes, Judélio Ferreira dos Santos tem passado por dificuldades. Ele atua como garçom há 13 anos, mas, atualmente, está desempregado. “Essa foi uma das piores fases da minha vida. Essa cesta básica vai ajudar um bocado. Fico muito grato!”

Já Daniele Almeida está no setor há menos tempo, 5 anos, onde desempenha a função de garçonete.  Ela se queixou da falta de serviços durante os longos meses de pandemia . “Eu trabalhava para eventos e como os eventos foram suspensos, não tive trabalho. As pessoas ainda têm medo, o povo não se motiva a fazer festa”, disse. “Agradeço à prefeitura pelo auxílio, pois toda ajuda é válida!”

“O público para o qual destinamos as 30 toneladas de gêneros alimentícios e itens de limpeza e higiene, arrecadados no dia 08 de maio, respeita um mapa da vigilância sócioassistencial. Nossa missão é contemplar as pessoas em estado de vulnerabilidade, que ficaram sem trabalho devido à crise enfrentada durante a pandemia”, informou a secretária Ludmilla Fiscina.

Fotos: Roberto Fonseca

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.