Aviso no Topo do Site
Em tempos de #coronavírus evite sair de casa, proteja seu bem maior, sua família.

Um clube hoje infelizmente extinto, mas que deixou sua marca no futebol baiano: a Catuense. Fundado em 1974, o time vinculado à empresa Catuense Transportes Rodoviários tinha no presidente Antônio Pena sua mão de ferro. Fato é que 10 anos depois, eles que começaram jogando em torneios amadores de Alagoinhas, disputariam pela primeira vez a Taça Brasil – equivalente à Série A do Campeonato Brasileiro hoje.

A reportagem de Fernando Vanucci mostra o cotidiano do clube, com suas várias peculiaridades como a transação entre um jogador e um ônibus, e até mesmo a macumba feita para atrasar o lado de seu primeiro adversário no brasileirão, o Santo André. Ali aparecem craques como Zanata, mas a Catuta revelou muito mais, a exemplo de Bobô, Naldinho, Luís Henrique e Vandick. Assista! #TaNoYouTube

Por: Metro1

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ

error: Conteúdo protegido!