Aviso no Topo do Site
Em tempos de #coronavírus evite sair de casa, proteja seu bem maior, sua família.

Um jovem de 17 anos, identificado como Rowan Thompson, assassinou brutalmente a própria mãe com 118 golpes de faca. Em seguida, Rowan acionou a polícia admitindo o crime, que aconteceu em julho deste ano em Hampshire, na Inglaterra.

Nesta segunda-feira (14), o áudio da ligação do jovem para o serviço de emergência foi divulgado. Ele afirmou que passou o final de semana na casa da mãe, identificada como Joanna, e, após uma discussão, ele afirmou que se sentia controlado e dominado pela genitora.

No dia seguinte ele estrangulou a mãe, deixando-a inconsciente e deferiu os 118 golpes de faca. Quando ligou para a polícia, ele pediu uma ambulância e que alguém fosse o prender.

“Eu acabei de matar minha mãe, eu preciso que alguém venha me prender. Uma ambulância também seria bom. Eu a estrangulei e a esfaqueei com várias facas. Ela não está respirando, traga um saco de cádaver ou qualquer outra coisa que vocês tenham, eu tenho 99,9% de certeza que ela não está respirando”, disse, de forma fria, o assassino.

Ele foi preso em flagrante e, segundo a polícia local, foi encontrado “extremamente calmo e composto” no momento do crime. “Parecia estar mais preocupado com o seu gato”, disse um policial.

Ele seria julgado em outubro deste ano. Entretanto, quatro dias antes, foi encontrado moro no hospital psiquiátrico onde estava em custódia.

Por: Varela Notícias

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ

error: Conteúdo protegido!