Aviso no Topo do Site
Em tempos de #coronavírus evite sair de casa, proteja seu bem maior, sua família.

Não só de fervor vive o Carnaval na Bahia. Quem não quer curtir a folia na capital do estado acaba procurando outros destinos para um feriado mais sossegado, seja para quem quer descansar, seja para quem quer curtir um carnaval mais tranquilo. Durante a festa, diversas cidades do interior e do litoral do estado recebem visitantes. Para atender a alta demanda, o projeto Guias e Monitores, que é uma ação da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), está estrategicamente posicionado nos principais destinos para atender os turistas.

O projeto conta com a colaboração de 254 profissionais capacitados para fornecer todo tipo de informação turística, como serviços de hospedagem, alimentação e saúde. Além de Salvador, os Guias e Monitores estão atuando na Praia do Forte, Itacaré, Porto Seguro, Morro de São Paulo e na localidade de Mar Grande, em Vera Cruz (Ilha de Itaparica) até a próxima terça (25).

Para os turistas, um dos destinos mais queridos é a Linha Verde. Segundo informações da Associação Comercial e Turística de Praia do Forte (Turisforte), a taxa de ocupação na região deve chegar a 100% até o fim do Carnaval. O turista que for a Praia do Forte tem diversas opções de passeios, como o Castelo Garcia D’Ávila e o Projeto Tamar. A origem dos visitantes inclui outros países, estados, cidades do interior da Bahia e Salvador.

A região é atendida pelo Projeto Guias e Monitores, que propõe auxílio ao turista com informações precisas em português e 10 idiomas estrangeiros, além da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Miranda Ríos, de Buenos Aires, na Argentina, foi atendida por uma das monitoras para “saber como pegar um transporte até a praia de Imbassaí”.

Os colaboradores do projeto ficam na entrada da Vila de Praia do Forte e na praia das 9h às 21h. De acordo com as monitoras Camila e Elanny, a principal demanda é sobre a localização de hotéis e pousadas e a programação do Carnaval na Vila.

No município de Porto Seguro os atendimentos ocorrem das 8h Às 23h no aeroporto, na rodoviária, na balsa e nos chamados Circuitos Culturais do Carnaval da cidade. Já em Itacaré o funcionamento é das 16h às 22h em pontos estratégicos como a rodoviária, centro comercial, Rua da Pituba e Passarela da Vila.

Em Morro de São Paulo os colaboradores operam em dois turnos, um das 8h às 14h e outro das 12h às 18h. Os grupos ficam na Fortaleza (entrada principal da ilha) e no píer que dá acesso à Segunda Praia. O funcionamento em Mar Grande será das 10h às 14h no embarque do terminal marítimo.

Fonte: Ascom/ Setur

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ

error: Conteúdo protegido!