some text

O Ministério da Saúde se recusa a passar informações sobre a quantidade de testes de Covid-19 e de qualquer medicação de seu estoque. Segundo a coluna Painel, da Folha, a pasta de Eduardo Pazuello negou um pedido feito via Lei de Acesso à Informação pelo deputado Ivan Valente (PSOL-SP), e afirmou que as “informações referentes ao estoque de medicamentos sob guarda deste ministério se encontram em status de reservado”. A justificativa para o sigilo é um documento classificado em 2018.

O ministério argumenta que a divulgação das informações pode “pôr em risco a vida, a segurança ou a saúde da população” ou “oferecer elevado risco à estabilidade financeira, econômica ou monetária do país”. Especialistas contestam a justificativa.

Por:Metro1

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPÉ

error: Conteúdo protegido!